sábado, 23 de maio de 2009

Lágrimas de Crocodilo


Não sou insensível. Sinto de uma forma diferente.
Não sou expectável. Sorrio e choro ao mesmo tempo.

Porque é que tentam decifrar o sentimento pela quantidade de lágrimas que choramos?
Porque que é pensam chegar cá dentro, quando nós próprios não chegamos?

Por vezes, um sorriso cria uma barreira protectora.
A felicidade como o crocodilo, por vezes, também chora.


Se as lágrimas nos libertam, quem me dera a mim chorar,
Deixar de sentir o seu peso, vencer esta apatia
Que, de uma forma seca...me afoga!!!

Largar esta pele, rija e fria,
Concordar que "noite é noite, e dia é dia",
Quebrar o conflito entre a alegria e a dor.
Mostrar-me para os outros mais simples,
Sentir-me por dentro uma pessoa melhor!

2 comentários:

Marl disse...

miuda és viva pah!!! eu sei q deves andar super atarefada e tal mas gostei de ter noticias tuas!!! Quando tiveres um tempinho avisa p o cafe e para o corte e costura lol Tou de ferias mas na 2a ja regresso :(

beijo gr

LadyHawk disse...

Estou à espera das tuas actualizações ao Blog... e quero saber novidades!
Miss youuuu